same

Sistema de informação geográfica para o serviço de atendimento móvel de urgência em Rio Claro SP

Resumen

As tecnologias devem ser instrumentos para o atendimento das necessidades da população. No Brasil, de maneira geral, os Serviços de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) apresentam-se limitados quanto ao gerenciamento de ocorrências, o que compromete a eficiência desses órgãos. Este projeto visa apresentar o uso de Sistema de Informação Geográfica (SIG) para o SAMU de Rio Claro SP. O estudo foi desenvolvido em etapas que incluíram a obtenção de dados junto ao SAMU relativos aos traumas vinculados à violência urbana (ferimento por arma branca, arma de fogo e agressões) para os anos de 2011 e 2014. Foram selecionadas variáveis a partir do Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O software adotado foi o ArcGIS e seus resultados foram apresentados no formato de mapas temáticos e tabelas. Os resultados alcançados foram satisfatórios, tendo-se elaborado um banco de dados em SIG, integrando dados de ocorrências ligadas à violência urbana com dados censitários, relativos à renda e densidade demográfica. Conclui-se que o uso de SIG aplicado ao SAMU em cidades de médio porte é interessante ao integrar dados socioeconômicos com a violência urbana de forma eficiente, contribuindo para um melhor desempenho no gerenciamento de ocorrências deste órgão público.

País
Brasil
Provincia, Departamento o Estado
São Paulo
Localidad/es
Prefeitura de Rio Claro
Persona de contacto
Maria Isabel Castreghini de Freitas
ifreitas@rc.unesp.br